Ananindeua é um município brasileiro do estado do Pará. Localizado na Grande Belém, é o segundo município mais populoso do Pará, e o terceiro da Amazônia. Sua população é estimada em 505.512 habitantes.

O nome Ananindeua é de origem tupi, deve-se a grande quantidade de árvore chamada Anani, uma árvore que produz a resina de cerol utilizada para lacrar as fendas das embarcações. A cidade é originária de ribeirinhos, começou a ser povoada a partir da antiga Estrada de Ferro de Bragança.

Originalmente considerada "cidade dormitório", apresentou um considerável desenvolvimento nos últimos anos, decorrente da falta de espaço para a construção de novas moradias em Belém. Teve seu maior incremento polpulacional a partir da construção ba BR-010 (Belém-Brasília)na década de 1960, na qual as industrias localizadas em Belém começaram a se estabelecer ao longo desta rodovia. Na década de 1970, inicia a construção do primeiro conjunto habitacional Cidade Nova, programa de habitação de ambito Federal, sob responsabilidade da Companhia Habitação do Estado do Pará (COAHB), foi uma espécie de ordenamento da periféria. A área foi adquirido aos poucos, pertencia em sua maioria a japones e nordestinos, que possuim hortas e granjas, a COHAB comprou os terrenos e foi inaugurando as Cidades Novas, que ao todo são 9 (nove). Depois foi inaugurado o conjunto Guajará, em seguida seria inaugurado o conjuto PAAR (Pará, Amapá, Amazonas e Roraima), no entanto, em sua fase final foi invadido por populosos e por um breve período da história do município foi considerado como a maior invasão da América Latina, hoje ele é considerado um conjuto habitacional. As margens desse processo, surgiram as áreas de invasões expontaneas, localizadas principalmente próximas aos conjutos habitacionais. hoje a area continetal de Ananindeua concentra mais de 90% da população do município.

A área insular de Ananideua, fica ao norte do município, sendo composta por 9 ilhas, são elas: Viçosa, João Pilatos, Santa Rosa, Mutá, Arauari, São José da Sororóca, Sororóca, Sassunema e Guajarina. É ´formada por inúmeros rios, com destaque para o Maguari, e furos, com destaque para o da Bela Vista e das Marinhas, e igarapés.